Home

Últimas Notícias

Ex-satanista encontra Jesus na prisão e se torna pastor: “Quero ser uma imagem de esperança”

Nenhum comentário INTERNACIONAL

Os abusos físicos de seu pai e o bullying que sofria na escola fizeram com que Brian Cole se tornasse uma pessoa violenta e buscasse nas drogas e no crime uma forma de vingança.

Ele brigava com todos, roubava casas e igrejas e todos o temiam. Não demorou muito para ser preso, aos 14 anos foi denunciado pelo próprio pai por vender maconha e desde então foi preso e liberto várias vezes.

Aos 18 anos, por exemplo, foi preso por quebrar e invadir 250 casas, sendo condenado a 10 anos de prisão. Foi na cadeia que ele se interessou pelo satanismo.

Ao sair da cadeia ele conseguiu uma namorada. Ao descobrir uma traição, ele atirou no homem com quem ela tinha saído com um tiro à queima-roupa, mas ele sobreviveu milagrosamente.

Brian foi preso novamente, dessa vez ele foi encontrado com as informações que sua mãe forneceu para a Polícia. Dorathy Cole nunca desistiu do filho e orava por ele.

Quando deixou a cadeia ele encontrou um amigo que lhe viciou em metanfetamina. Seu amigo acabou falecendo por conta das drogas e Brian voltou a ser preso.

“Eu estava na casa dos 40 e simplesmente não queria mais viver”, diz ele ao God Reports. Para mudar de vida, ele aceitou participar de um grupo de reabilitação e foi onde ele teve contato com a Bíblia e a Palavra de Deus o transformou.

“Evangelho estava preenchendo os espaços em branco na minha vida”, disse ele ao relatar que uma das lições do programa de reabilitação era preencher espaços vazios com versículos da Bíblia. Ao se deparar com trecho de Salmo 51:7, ele entendeu que precisava aprender mais sobre Deus.

O texto diz: “Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e mais branco do que a neve serei”.

O verso o assustou e o intrigou. “Era palavra por palavra parte dos rituais de limpeza do ocultismo”, diz ele. “O que isso está fazendo na Bíblia?”, questionou.

Sua curiosidade por aprender mais o fez mudar de vida. Ele se reconciliou com sua mãe e com seu pai e hoje é pastor de uma igreja em Wisconsin onde é casado e tem filhos.

Brian Cole também tem usado o ministério Faith Riders Motorcycle Ministry e viajado em sua moto para evangelizar pessoas que, assim como ele já esteve, estão envolvidas nas drogas e no crime.

“Quero ser uma imagem de esperança para qualquer pessoa, especialmente para os envolvidos em crimes e ex- presidiários, os feridos, os manipulados, os que saem das drogas”, diz ele. “Quero que eles tenham a mesma coisa que consegui. Eu quero mostrar a eles Jesus”, completou.

 

Do site GOSPEL PRIME

LEIA TAMBÉM